Home page

28 de junho de 2017

Responsável: Constantino K. Riemma


Painel com diferentes técnicas e linguagens simbólicas: espaço para trocas de experiências
@ Permitida a reprodução. Basta manter o nome do Autor e indicar a fonte: site Clube do Tarô
Previsões para 2015
Ana Carolina Esteves : Em busca da Justiça
   Uma carta para cada algarismo
Arlete Sadocco : O novo ano bate à porta...
   O Nove de Espadas no baralho Lenormand
Bete Torii : 2015 no Brasil e no mundo
   Previsão global com o tarô e aplicações numéricas
Ciça Bueno : Trabalho e pé no chão!
   As cartas do impeachement e das mudanças
Cínthia C. Doula : Ano desafiador e tenso
   As cartas do impeachement e das mudanças
Constantino K. Riemma : I Ching aconselha
   Indicações para as pessoas de bem
Cris Muiños : 2015 sob o olhar da Justiça
   O arcano oito em destaque
Déborah Gérbera : Mandala para 2015
   Previsões mês a mês
Evelin Cardoso : Os arcanos regentes
   Cálculo numerológico do nascimento e do ano
Helena Gerenstadt : Equilíbrio e karma
   Previsão numerológica para 2015
Ivana Mihanovich : Minha "Não Previsão"
   Observações e prognósticos para o próximo ano
José Roberval : Oito, cartas e Ifá
   O oito, as cartas complementares e o oráculo de Ifá
Kelly Isabel : Ogum e Iemanjá para 2015
   Morgana faz suas previsões para o ano
Lúcia Sindoya : Previsões com Búzios
   Ogum e Oya os regentes do ano
Marcelo Martuchele : Previsões para o Brasil
   Aborda nove áreas da vida nacional
Tiago Lopes : Bom para dinheiro e trabalho
   Previsões pelo arcano 8 e baralho cigano
Pettrus : Arrumando a casa após excessos
   Os doze temas das casas astrológicas
Rui Sá S. Barros : Tensão relaxa em 2015
   História e Astrologia nas crônicas da Torre de Babel
2015: um ano em busca da Justiça
Ana Carolina Esteves
 
Em 2015 entramos no ano da Justiça. É irônico e nada surpreendente, se lembrarmos que, em 2014, quase na reta final, tivemos eleições. Eleições essas que geram polêmicas até hoje. Não é preciso ser gênio para saber que os resultados das eleições ainda serão assunto em 2015 e, quando analisamos a carta da Justiça, fica fácil deduzir que a população irá atrás das promessas e/ou mudanças. Nem todos estão satisfeitos com o atual governo e, por isso, querem reivindicar seus direitos de cidadãos.
As cartas que compõem o ano de 2015 nos dão uma prévia de como a população vai buscar sua justiça perante o governo. Vejam:
2 – Sacerdotisa: Os primeiros a mostrarem sua força serão os mais “instruídos”. Teremos aqui, provavelmente, muitos professores, estudantes/universitários, e, é claro, a oposição política. Esses, provavelmente, farão suas reivindicações através de redes sociais e palanques. Mesmo não indo às ruas, esses manifestantes serão o gancho para encher as ruas com o chamado “povão” completo. Mas, dessa vez, o papo será mais sério do que as manifestações do ano anterior. Teremos pedidos de mudança, onde a ideia é mudar o governo não pela força bruta, mas pela força intelectual/mental.
8. A Justiça  2. A Papisa  0. O Louco  1. O Mágico  5. O Papa
8. A Justiça, 2. A Sacerdotisa, 0. O Luco, 1. O Mago e 5. O Papa
Caras do Tarot de Marseille - Ed. Grimaud
0 – Louco: Infelizmente, teremos, como sempre, os famosos manifestantes “sem noção”. Os desordeiros e caóticos que sairão depredando tudo e machucando pessoas. Teremos sangue!
1 – Mago: Tudo é aprendizado e, felizmente, com as manifestações anteriores, a maioria da população viu e aprendeu o que deve ou não fazer e como agir para ter seus direitos. A carta do Mago mostra que aprendemos bem o que não fazer, mas ainda estamos em fase de aprendizado e os erros fazem parte. Mesmo assim, não haverá desistência! A perseverança no objetivo continuará até que haja a conquista.
5 – Papa: Esse arcano mostra a necessidade de equilíbrio de justiça. Vemos aqui que pessoas do poder cairão alegando estar se sacrificando pelo bem maior do povo e da nação quando, na verdade estarão “tirando o seu da reta”, antes que a coisa fique tão feia que não tenha volta.
Analisando esses 4 pilares que sustentam a carta do ano, entendemos que a justiça não ocorrerá facilmente e nem de imediato. A população precisará ser guerreira, organizada e irredutível. Impérios cairão, impérios surgirão, mas o poder. Ah, o poder... esse está nas mãos do povo! Cabe à população decidir se querem a justiça e como ela deverá ocorrer.
Contato com a autora:
Ana Carolina Esteves - www.facebook.com/acesteves
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Edição: CKR – 23/11/2014
O novo ano bate à porta
...não tem jeito: prepare-se para o novo!
Arlete Sadocco
 
O Caixão no barlho Lenormand
O Caixão no baralho Lenormand
 
O ano de 2015 chega com a proposta de colocar um fim a tudo que não nos é mais necessário. É um novo ciclo que se inicia. Hora de “colocar os pingos nos is”. Romper com o que não nos permiti evoluir. Transformar/transmutar! Mesmo que o novo nos traga a ansiedade, o medo do desconhecido, será inevitável essa mudança!
É a hora de se questionar quais os ciclos que já tem a data de vencimento vencida. Será que o seu relacionamento amoroso não tem dado sinais de desgaste? Não estaria na hora de dar um “up” para fazer renascer aquele sentimento “de frio na barriga”? Será que sua profissão ainda te permitir crescer ou seria o caso de se lançar em outro mercado de trabalho?  É hora, realmente, de desapegar de tudo que não fizer mais falta!
De repente as coisas estão bem, você tem a ideia de que nada deve ser mudado para “não estragar” o que já está bom, mas não seria nada mal dar uma “injeção de ânimo”, continuar regando as flores e semeando novos frutos. Lembre-se que o fim de um ciclo, representa o início de outro.
O ano 2015 será, portanto, um ano de mudanças. Final e início de ciclos. E que venha uma nova etapa em nossas vidas!
Contato com o autor:
Arlete Sadocco, cartomante, dá atendimento presencial,
por chat e e-mail : www.sagacigana.blogspot.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 30/11/2014
2015 no Brasil e no mundo
  Bete Torii  
O mundo está para entrar no ano de 2015 – número que, por redução (2+0+1+5), aponta o arcano 8, A Justiça, como seu “regente”.
8. A Justiça
8. A Justiça
 
A primeira ideia que vem é a de estagnação, de que será um ano bem mais parado que o anterior. A leitura positiva disso é estabilidade, mais regularidade ou “normalidade”.
A segunda ideia é a de que será um período de maior clareza e discernimento; de busca de acordos e de harmonização entre o que se quer e o que se pode. Um tempo em que a razão tenta imperar.
O resumo geral que fica para mim pode ser definido nesta imagem: o mundo (representado por países fortes, grupos de países, organizações mundiais), que vinha sacolejando num carro puxado por cavalos mal domados, resolve parar um pouco para avaliar a situação. Para definir melhor as leis e regras, de forma sensata, e exigir obediência às leis. Para avaliar a situação e as possibilidades, e propor uma administração mais justa e econômica dos recursos. Sempre correndo os riscos, claro, de uma parada.
Em alguns lugares ou em alguns temas a situação pode se apresentar rígida e pesada; os julgamentos podem ter excesso de rigor... E pode ganhar mais raízes a síndrome de obesidade, no mundo.
Já o Brasil, que “nasceu” no ano 1500 do calendário mundial, entrará em seu ano 515 – ligado ao arcano A Força (5+1+5= 11).
Para nós, também, um ano retratado por uma figura feminina central e forte. E, para mim, a carta é muito explícita: Durante o ano de 2015, partes esclarecidas da nossa sociedade, sob a liderança de nossa presidenta, terão (e precisarão ter) força moral, coragem e calma para domar e vencer as feras que sempre nos subjugaram: a corrupção endêmica que sempre leva “a parte do leão” em obras públicas etc., a imprensa oligopólica que estabelece a verdade que lhe convém porque ruge mais alto que todos, o preconceito e abuso dos chefes de matilhas que machucam ou devoram os mais fracos.
 
11. A Força
11. A Força
E isso será feito sem brutalidade ou violência, mas com clareza de pensamento e propósito, com certa altivez e com inteligência que não despreza a energia da fera, mas corrige e integra sua ação.
19. O Sol
19. O Sol
 
— Vejam que a figura feminina segura/controla diretamente a boca da fera, que é a parte que ela usa para infligir danos quando ataca, mas não está matando o bicho; e nenhum dos dois acua o outro.
É possível também que vejamos todo o lado de sombra da carta: cólera, veemência ardorosa, pequenas guerras, pessoas que se deixam levar pela embriaguez do poder.
Repetindo o exercício do ano passado, somo as duas cartas (8 + 11) e vejo que obtemos... o Sol. Uma carta luminosa que fala de clareza, como as duas outras, e também de concórdia, amor, alegria, fraternidade, crescimento, paz... Mas também de aquecimento (atmosférico?) e exposição: não vai haver como esconder e encobrir a realidade por muito tempo. As belas fachadas falsas às vezes vão escorregar, expondo incautos de tanga.
Que tenhamos todos um bom ano!
Contato com a autora:
Bete Torii - btorii@uol.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Edição: CKR – 22/11/2014
Um ano desafiador com tensões políticas
Cínthia Dhoula
 
Numerologicamente o Brasil se encontra num ano pessoal “5”, desde Setembro (data de nascimento considerada como 07.09.1822). É o número da comunicação e movimentação, estando altamente propícios os movimentos reivindicatórios nesse período (09/2014 à 09/2015). A partir de Setembro de 2015 o Brasil entrará no ano “6”, quando escolhas muito importantes deverão ser feitas.
O tarot me mostra uma economia estagnada entre os três e seis primeiros meses do ano, com a continuidade das manipulações e ataques severos nos bastidores da política.
Cartas para Dilma Russef
Cartas para Dilma Roussef
 
Cartas para Michel Temer
Cartas Para Michel Temer
A morte de uma pessoa de máxima influência no governo desestruturará totalmente a política atual.
O impeachment ocorrerá, muito provavelmente no primeiro semestre, e o vice Michel Temer assumirá o governo. Não será uma transição tranquila, mas será conquistada.
O governo de Michel Temer se mostrará neutro, sendo conduzido, então, pelas ações da oposição que trarão de volta a confiança externa e da própria população. Forte apoio da Igreja, em algum momento, às manifestações populares (onde digo “Igreja”, leia-se, religiosos em geral).
Manifestações de racismo e separatismo ocorrerão por muitos meses ainda, infelizmente.
Cartas para o Governo
Cartas para o governo
 
Cargas para o Mundo
Cartas para o Mundo
A seca será um fantasma a nos rondar, sendo aliviada pelas fortes chuvas do começo do ano, porém exigindo ainda medidas severas por parte do governo, bem como, atitudes individuais.
Brigas e discussões sobre supostos culpados e cobranças sobre quem deveria trazer soluções continuarão.
Universalmente 2015 (8), é o ano do poder, das finanças e da justiça. É preciso levar em conta a dualidade dos números em seus sentidos positivo e negativo, para o bem ou para o mal. De um modo geral, então, as questões políticas e financeiras estarão em foco este ano em todo o planeta.
Dentro do século do Julgamento (20), o Diabo (15) traz uma energia um pouco pesada, uma sensação de não termos força suficiente para lutarmos contra o negativo. O aparecimento deste arcano na tiragem das cartas fortalece essa energia. Ele, porém, é altamente positivo para o comércio e acordos entre países.
Individualmente, o “8” também nos afeta, ano em que nossas finanças deverão ser cuidadas, mas muitas pessoas são beneficiadas financeiramente num ano desse número, dependendo do que plantaram nos sete anos anteriores, pois este é o ano da colheita.
Pelo momento político em que estamos, nós, brasileiros, deveremos poupar e usar de muita criatividade e bom senso para qualquer investimento.
Há que se levar em conta o ano pessoal de cada um, mas de um modo geral será um ano bastante desafiador para todos.
Contato com a autora:
Cinthia Cristina Doula - www.tarocosmico.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 22/11/2014
Indicações para as pessoas de bem
  Constantino K. Riemma  
Fiz uma consulta ao I Ching para orientar as pessoas de bem no transcurso de 2015. A resposta do Livro de Sabedoria foi o hexagrama 59 - Dissolução.
59: Dissolução
Dissolução. Sucesso! O rei se aproxima do templo. 
É favorável atravessar o grande rio. 
A persistência no curso correto traz recompensas.
A dissolução – se representar a dispersão do egoísmo que separa – é fonte de sucesso. O egoísmo humano pode ser superado com o auxílio das forças religiosas, quando somos tocados pelo sentimento de devoção ou pelo pressentimento do Eterno.
A imagem do rei que se aproxima do templo pode significar a realização dos ritos e cerimônias tradicionais, que trazem à nossa consciência a origem comum de todos os seres e o sentimento de amor ao próximo. Esse símbolo também pode ser entendido como as práticas de interiorização e de meditação que o buscador está convidado a realizar para aprofundar a consciência de si.
"Atravessar o grande rio" simboliza, entre outras coisas, seguir em frente com naturalidade e a justa flexibilidade.
A correção do propósito e a persistência trazem recompensas ao homem.
E o conselho do Livro reforça uma direção do esforço daqueles que buscam o Bem:
Os reis da antigüidade construíam templos para fazer sacrifícios ao Senhor Supremo.
O templo é a representação exterior do espaço íntimo no ser humano, no qual o contato com o Divino pode se manifestar. O templo – tanto o interior como o exterior – é o lugar em que a rigidez e o egoísmo são dissolvidos, dando espaço ao sentimento de fraternidade.
Para examinar o texto completo, clique no link ao lado: 59 - Dissolução. As indicações das seis linhas móveis podem ser vistas como passos sucessivos no transcurso de 2015.
Conclusão: Entendi dessa consulta que, frente ao momento que estamos vivendo, num quadro lamentável de comprometimentos sociais e políticos, cabe ao homem de bem a missão de se recolher interiormente. Seguramente, não se trata de uma mensagem que reforce o astral do mundo moderno, focado apenas nas realizações exteriores. A indicação do I Ching aponta para a tradição oriental do trabalho em busca do sagrado, realizado no plano íntimo de cada um. Quanto mais pessoas de bem se derem a essa prática anônima, maior ajuda será dada ao mundo.
6/12/14: Dia de São Nicolau. Veja>
Contato:
Constantino K. Riemma - contato-ct@clubedotaro.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
2015 sob o olhar da Justiça
Cris Muiños
 
E chega o ano da Justiça. Esta senhora imparcial e com fama de durona promete colocar a "casa" em ordem!
Os processos já em andamento no final de 2014 (O Carro) serão formalmente avaliados e executados em 2015 (A Justiça), ou seja: projetos, questões judiciais, burocráticas e afins, serão devidamente formalizados.
Tudo que depende de mais organização: análise e aval passarão pela espada, separando o que serve ou não, de forma prática com certeza, mas talvez não indolor... Hora de desapegar.
Fato é que para equilibrar essa balança, não poderemos ser muito emotivos e isto será um ponto negativo ou positivo na história: uma certa facilidade em romper padrões, definir relacionamentos e também a necessidade de formalizá-los. Ficar em cima do muro é que não vai dar mais, isso ficará muito claro.
Quanto à saúde de uma forma geral, o corpo pede uma intervenção clara e direta, mudanças radicais nos hábitos, tudo que corte literalmente o que não nos serve mais. Fazer opções mais saudáveis na alimentação e na forma de cuidar do corpo. E para aqueles que adiam uma cirurgia há um tempo, é bom saber que desse ano não passa, isto é, não sem riscos.
Quanto aos medicamentos, um maior rigor será cobrado na área, especialmente no que diz respeito à saúde mental ou neurológica. Pensei muito nos remédios ligados ao comportamento: ansiolíticos, antidepressivos e hiperatividade. Alguns podem ser banidos do mercado. A medicina natural tem mais medicamentos reconhecidos e possivelmente, algumas brigas por patentes.
 
A Justiça no Nefertari Tarot
A Justiça no Nefertari Trot
Foto-composição de Cris Muiños
Financeiramente o ano pede equilíbrio nos gastos, quitação de contas e uma forma menos emocional de lidar com o dinheiro, isto pode ser muito útil para grandes conquistas e fechamentos de contratos. Está favorável para negociações, redução de juros em antigas dívidas, mas um ano rígido com aqueles que tentam ludibriar leis e normas.
Teremos um consumidor mais exigente e consciente dos seus direitos, causando mudanças importantes quanto à forma de exposição e embalagens de produtos.
Enfim, parece que nada escapará aos olhos atentos desta dama que de cega, aliás, não tem nada.
Contato com a autora:
Cris Muiños, taróloga, atende e dá cursos em Belo Horizonte
crisdotarot.blogspot.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 25/11/2014
Arcano Regente
 
Os arcanos regentes do nascimento e do ano de 2015
  Arcano Regente
Mandala 2015
 
Mandala do ano 2015
  Mandala 2015
Ano 8: equilíbrio, dinheiro, poder e karma
Helena Gerenstadt
 
Em 2015 (2+0+1+5=8), o Destino enfrenta as consequências dos atos passados: a Justiça se manifestará e cada um receberá a colheita que merece. Na linguagem metafísica chegou a hora do karma.
Um ciclo que está a ponto de terminar, após sete anos de cultivos consecutivos. É o momento para receber as recompensas. Se em todas as atividades houve esforço, a recompensa se materializará, um melhoramento das condições econômicas, aumento de salário, herança, loteria, entradas extras ou um início para buscar a independência.
Lemniscata
Lemniscata
Ilustração enviada pela Autora
 
Progresso, dinheiro, poder ou influência podem ser a colheita de um cultivo de sete anos, que pode ser através de promoções, ajuda de pessoas influentes para aceder a cargos de responsabilidade. Comparta sua boa sorte com os demais. Caso tenha respeitado a regra de ouro do comportamento humano, se sentirá em paz com sua consciência e poderá receber recompensas espirituais. Em caso contrário, pela Lei da Compensação, podem chegar alguns problemas. 
É um bom período para impulsionar os assuntos materiais, assim como para investir em propriedades e negócios de reconhecida solidez.
Cuidado com os gastos extras. É preciso saber lidar com o dinheiro. Teremos um ano marcado com uma forte tendência materialista e visceral.
O “oito” também fala da capacidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos, marcando uma trajetória profissional e econômica ascendente, mas também mostra a cobrança interna, a autoexigência, que podemos nos impingir. Essa dualidade pode nos levar a um desiquilíbrio interno.
Utilize o seu Poder Pessoal e magnetismo para estabelecer contatos que possam ser importantes para o futuro, já que é um momento muito importante e que pode influir os próximos vindouros também. Caso você ocupe o centro do cenário, procure compartilhar a sua prosperidade e boa sorte com o seu entorno. 
A energia do número 8 é a energia dos resultados, benefícios e metas. Sentirá que os sonhos se fazem realidade. É o resultado positivo de todo o esforço feito em anos anteriores. 
2015 é um ano de recuperação e também de falências ou de consolidação de contas e dívidas. É o momento de organizar os orçamentos. 
Procure não se cobrar excessivamente, busque o Equilíbrio interno...
Contato com a autora:
Helena Gerenstadt, terapeuta holística, numeróloga,
atua com Numerologia Pitagórica e a Árvore da Vida, Tarot Egípcio,
Reiki, Radiestesia e Radionica e ministra cursos.
Contato: www.agarta.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 22/11/2014
Lucifer
 
Minha "Não Previsão" para 2015
  Lucifer
Cosmnic Tarot
 
2015: ano regido pelo número Oito e por Ogum
  Cosmic Tarot
Ogum
 
Ogum e Iemanjá, os orixás para 2015
Kelly Isabel (Morgana): um ano de vitória para quem lutar
  Iemanjá
Cosmnic Tarot
 
Previsões para o Brasil em 2015
  Cosmic Tarot
 
2015: Arrumando a casa após os excessos
 
Ano da Justiça – Bom para o dinheiro e para o trabalho!
Tiago Lopes
 
A soma “2015” dá um resultado “8” que, no tarot, é a oitava carta, “A Justiça”, com muitos significados ocultos e satisfatórios. Pela numerologia o número 8 é o símbolo do infinito, aquele que não possui começo e nem fim, lembrando os ciclos eternos de renovação. É o número do movimento, do progresso, do triunfo, da direção, da realização, da abundância e da conquista. A Justiça é uma carta representada por uma mulher que em uma mão segura uma balança que representa o equilíbrio e na outra mão uma espada apontada para cima. Em alguns tarots ela aparece de olhos vendados, indicando que a justiça será feita de forma correta e justa.
Em 2015, devemos esperar um ano cujos efeitos de seus atos passados e presentes vão suscitar o seu futuro. Será um ano de decisões e disciplinas, durante o qual não será possível viver de ilusões, pois ela é uma carta racional e não emotiva e imaginativa, e faz com que a realidade e a verdade sejam sempre feitas. A regência desse arcano vai trazer a lucidez e o equilíbrio das coisas. Ao mesmo tempo em que A Justiça é a doçura, ela é rigorosa, portanto não espere um ano tão leve, pois no amor ela é uma carta bastante dura, onde, por exemplo, no caso de relacionamentos ilusórios, poderá abrir espaço para separações e divórcios.
8. Justiça
8. A Justiça
 
Em alguns (eu disse alguns) relacionamentos nascidos em 2015 haverá a possibilidade de se mostrarem relações sem amor, sem emoção, sendo somente paixões passageiras. Pessoalmente, não vejo um ano muito favorável para relacionamentos afetivos e acredito que, inclusive, quem estiver solteiro (a), provavelmente continuará assim por um ano. Para quem já tem o seu amor, é o momento de se dedicar, inovar para não cair na rotina. Nas questões de saúde, mostra a cura, momento de recuperação, se você deseja cuidar da sua saúde física e espiritual será um ano favorável (incluindo as dietas), afinal “A Justiça” busca o equilíbrio entre todas as coisas.
Quem tem a consciência de ter problemas com a pressão (alta ou baixa), coração e diabetes, deve dar uma atenção especial à saúde: procure seu médico e faça exames periódicos, para não ter surpresas desagradáveis. No dinheiro e trabalho, mostra ser um excelente ano para essas duas questões. No financeiro traz grandes possibilidades de ganhos, porém dependendo de trabalho árduo e dedicado, ou seja: não conte muito com a sorte.
Teremos oportunidades de emprego e bons trabalhos, assinaturas de contrato e superação nos negócios. Tudo o que for relacionado a assuntos burocráticos, documentações com imóveis e casos da justiça terão uma escala maior de resolução em 2015.
Gosto muito de trabalhar com o tarot e apesar dele ser completo e dar as direções corretas, eu complemento meu trabalho com o baralho cigano que sempre reafirma um ao outro.
Sob o ano “8”, no baralho cigano temos a carta “O Caixão”, que é uma carta de transformação, de mudanças de ciclos e de outros sentidos na vida, dando fim àquilo que nos impede de evoluir, tirando os obstáculos dos caminhos (muitas vezes impostos pelo próprio individuo que se acomodou em certas situações). É como a carta “A Morte” do tarot, que ceifa aquilo que não te serve mais.
Em contrapartida, temos outra carta que traz, em sua soma, também o 8, que é a carta 17, “A Cegonha”. É de certa forma uma carta de mudanças, mas mudanças de oportunidade e surpresas (às vezes imprevistos), ou seja, tudo para que você possa andar para frente, subir degraus a mais.
 
17. Cegonha no barlho Lenormand
17. Cegonha
Baralho Lenormand
Muitas pessoas têm o medo da mudança e, novamente, é o ano de sair da zona de conforto, dessa monotonia que não vai nos levar a lugar algum, para que tenhamos como ver os novos horizontes à frente.
E, reafirmando o ano da Justiça, como sendo um ano bom para os trabalhos e profissões, temos a carta 26, “Os Livros”, que é uma carta que fala sobre estudo e trabalho. Vejo um ano que será ligado a estudo, mais na questão crescimento pessoal. Possivelmente pessoas já formadas sentirão a necessidade de fazer cursos e reciclagens. Aliás, é um ano muito bom para aqueles que querem fazer cursos de idiomas, porque o aprendizado será mais fácil.
Eu espero que tenham gostado da minha análise e desejo que em 2015 seus caminhos sejam pavimentados de sorte e de muita prosperidade!
Contato com o autor:
Tiago Lopes faz leituras com tarot, baralho cigano e magia Hoodoo
Contatos: www.tiagotarot.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 23/11/2014
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2016 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil